O asilo maldito

O Ministro Tarso “Brejnev” Genro consegui mais uma vez. De maneira
unilateral, descosiderando várias comissões do próprio Ministério da
Justiça ele concedeu asilo político a mais um terrorista de esquerda.

Infelizmente sua “bondade” com Battisti, assasino de pelo menos 4
pessoas, inclusive crianças, não foi a mesma com os atletas cubanos,
extraditados de forma ilegal, mandados de volta a prisão de Cuba a
bordo de um jatinho venezuelano.

O refúgio ao assassino Battisti é mais um cena deprimente realizada
por Tarso Genro, o pior ministro da justiça da história desse país.
Sua decisão teve pelo menos uma grande honra: causou protestos tanto
entre a direita quanto a esquerda democrática da Itália. Juntou
partidos que apoiam o governo quanto partidos de oposição.

A Itália está certa em reclamar. Foi um atentado a sua democracia, a
sua justiça. Tarso com sua manobra sorrateira e macraba, consegue com
sua camarilha manchar ainda mais uma vez o nome do país.